Home Fale conosco
A UCP Unidades Pós-Graduação / MBA Qualificação Profissional Locação de Salas Inscreva-se
 
MBA Saúde Suplementar
   
Carga Horária Periodicidade e horários
360 horas Sábados quinzenais, de 8h30 às 17h30(20 meses)
Segundas e quartas quinzenais, de 18h15 às 22h00 (20 meses)
Semanal às segundas, de 18h15 às 22h00 (Barra da Tijuca)
 
Objetivos
 
 

Geral

Qualificar pessoal para a gestão de saúde suplementar a partir da transmissão de conhecimentos teórico e práticos, pela identificação das melhores práticas gerenciais adotadas por empresas e profissionais de sucesso na própria área ou em áreas correlatas, oferecendo uma formação de excelência técnico-acadêmica, com importante contribuição para a sociedade.

Específicos

Formar profissionais capazes de entender o histórico e a evolução da gestão da saúde suplementar no Brasil, conhecendo os aspectos técnicos, jurídicos, atuariais e de solvência no setor, assim como as particularidades de custos e formação de preços em produtos de saúde suplementar e odontológicos, características da regulação e supervisão realizadas pela ANS, ANVISA e Ministério da Saúde, assim como pela CVM e Banco Central e os diferenciais de marketing e comercialização, além dos aspectos competitivos.

Público-Alvo

O MBA Saúde Suplementar foi concebido para capacitar pessoas que trabalham ou querem trabalhar na cadeia produtiva da saúde suplementar. Significa dizer que é uma proposta de criação de valor competitivo para profissionais que trabalhem em seguradoras, corretoras de seguros, operadoras de saúde suplementar, agências reguladoras (SUSEP e ANS), empresas de medicina de grupo, cooperativas medicas e odontológicas, prestadoras de serviço de gestão, filantropias, serviços de saúde, hospitais, clínicas etc, Destina-se também a professores e outros profissionais liberais que tenham interesse pela gestão da saúde suplementar como médicos , advogados etc.

 
Coordenação Acadêmica
Sergio Ricardo de Magalhães Souza

• Executivo do Mercado de Seguros com mais de 25 anos de experiência.
• Foi superintendente técnico e comercial na SulAmérica Seguros.
• Gerente de Riscos na Nacional Seguros.
• Presidente e membro de comissões técnicas na Fenseg.
• Foi o mentor e coordenador acadêmico dos MBA Executivo em Seguros e Resseguro e MBA Gerência de Riscos na Funenseg.
• Diretor de Seguros do Clube Vida em Grupo do RJ.
• Acadêmico na Academia Nacional de Seguros e Previdência.
• Coordenador Acadêmico no IPETEC/UCP.
• Professor Universitário de vários programas de pós-graduação e graduação.
• Mestre em Sistemas de Gestão pela UFF.
• MBA em Gestão da Qualidade Total pela UFF.
• Engenheiro Mecânico pela UGF.
• Sócio-Diretor da Gravitas AP especializada em consultoria e treinamento.

Programa
   

AMBIENTE ECONÔMICO DA SAÚDE SUPLEMENTAR (20h))
Fundamentos A Tomada de Decisão baseada em Indicadores de Saúde.Compreendendo e Avaliando o Desempenho das Operadoras. O Indicador e as Negociações com Prestadores de Serviços. O Indicador e a Auditoria em Serviços de Saúde. O Indicador no Planejamento da Empresa. Equilíbrio Econômico-Financeiro. Construção e Utilização de Índices Financeiros. Benchmark. Eficiência na Gestão – Passivos. Eficiência na Gestão – Custos. Eficiência na Gestão – Investimentos. Construção de Indicadores e Modelos de Avaliação pela ANS. Métodos de Avaliação Econômica da Eficiência Técnica. Construção de Cenários Econômicos.


   

ANÁLISE AMBIENTAL DA COMPETIÇÃO DE OPERADORAS DE SAÚDE E ODONTOLOGIA (20h
Estratégia. Estratégia Competitiva. Análise Ambiental. Operadores de Saúde Suplementar e Odontológico. Tipologia e caracterização dos agentes competitivos. Mercado-alvo e do público-alvo. Segmentação do mercado. Estudos das forças competitivas. Posicionamento dos concorrentes. Macro estratégias. Tendências


   

ASPECTOS LEGAIS EM SAÚDE COMPLEMENTAR (20h)
Responsabilidade Civil. Conceitos de Objetividade e Subjetividade. Ordenamento jurídico do país. Personificação das sociedades. Contrato social. Novo Código Civil. Código de Defesa do Consumidor. Práticas abusivas e ilícitas do comércio. Aspectos jurídicos da gestão da saúde suplementar. Contencioso em Saúde Suplementar. Propagandas enganosas. Aspectos contratuais. Consequências da comercialização. Fraudes. Gestão ativa.


   

DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS PARA SAÚDE SUPLEMENTAR 20h)
Desenvolvimento Organizacional. Teoria U. Compreensão e vivência de processos inovadores significativos nos âmbitos individual, relacional, institucional e mundial. Combinação da Teoria U com PNL, Inteligência Emocional, Design Thinking, Comunicação Não Violenta (Rosenberg), Psicologia Social e Psicologia Organizacional e do Trabalho. Excelência no aprimoramento das organizações com foco no ser humano. Tendências. Habilidades e Atitudes de pessoas para gestão da Saúde Suplementar. Desenvolvimento de talentos. 


   

COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE SAÚDE E ODONDOLÓGICOS (20h)
Tipos de estruturas de comercialização. Formação de equipes de vendas especializadas. Perfis da liderança e das equipes. Estabelecimento de metas.  Estrutura de remuneração e premiações. Treinamento das equipes de vendas. Segmentação de mercado. Gestão da equipe de vendas.


   

CONTABILIDADE APLICADA ÀS OPERADORAS DE SAÚDE (20h)
Fundamentos de Contabilidade Gerencial: Objetivos da contabilidade gerencial Princípios fundamentais da contabilidade. Transações Contábeis com a metodologia dos balanços sucessivos. Lançamentos Contábeis. Balanço Geral - Lei 6.404/76 e 11.638/07: Relatório do Cons. Admin. ou da Diretoria. Balanço Patrimonial - grupo de contas. DRE, DMPS, DOAR. Demonstração do Fluxo de Caixa. Notas Explicativas. Parecer do Cons. Fiscal. Parecer dos Auditores Independentes. Novo plano de contas padrão ANS, com destaque para: Provisões Técnicas de Operações de Assistência à Saúde (Provisão de Risco, PEONA, Provisão para Remissão, Dependência Operacional e Ativos Garantidores) e Garantias Financeiras( Margem de Solvência e Patrimônio Mínimo Ajustado).


   

CONTROLES INTERNOS E GOVERNANÇA EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
GOVERNANÇA CORPORATIVA: Definição de governança corporativa, sua evolução e a visão do mercado brasileiro e internacional. Principais princípios e conceitos abordados pelo: Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IGBC), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). Como as boas práticas de governança corporativa podem beneficiar as atividades e os resultados das empresas. A razão das empresas investirem em governança corporativa e o que a governança não elimina. CONTROLES INTERNOS: Definição de controles internos e riscos. Quais são as motivações dentro das instituições para melhor monitoramento de seus controles e como os agentes regulamentares (BACEN, SUSEP, ANS) requerem a implantação de um sistema de controles internos e de gerenciamento de risco. Exemplificação de riscos operacionais, crédito, mercado e estratégicos e análise de uma lista controles. Casos práticos envolvendo fraudes. Avaliação e análise de metodologia de controles (COSO e BASILÉIA II) e da Lei Sarbanes-Oxley.


   

ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
Definição de Prevenção em Saúde. Custo das doenças. Estratégias de prevenção na saúde pública. Controle e monitoramento de doenças. Prevenção na Saúde Suplementar. Estratégias de promoção da saúde. Desdobramentos para as operadoras.


   

GERENCIAMENTO DE PROJETOS (20h)
Introdução à gerência de projetos: Gestão e Administração, Processo e Projetos Organizacionais; Fases do Projeto; Controle de Atividades; Normas para Gestão de Projetos; Ferramentas para Gerenciamento de Projetos; Plano de Projeto. Boas práticas. Gestão de Projetos aplicada a Gestão da Saúde Suplementar.Conceitos de risco e definições. Classificação dos Riscos. Riscos empresariais. Políticas de gerenciamento de riscos. Modelos de gerenciamento de riscos. Análise de contextos. Identificação de riscos. Análise e avaliação de riscos. Programa de resposta aos riscos. Monitoramento e controle. Fatores de sucesso e fracasso na gestão de riscos. Gestão de Riscos na Saúde Suplementar.


   

GERENCIAMENTO DE RISCOS EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
Conceitos de risco e definições. Classificação dos Riscos. Riscos empresariais. Políticas de gerenciamento de riscos. Modelos de gerenciamento de riscos. Análise de contextos. Identificação de riscos. Análise e avaliação de riscos. Programa de resposta aos riscos. Monitoramento e controle. Fatores de sucesso e fracasso na gestão de riscos.  Gestão de Riscos na Saúde Suplementar.


   

GESTÃO DE PESSOAS EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
Importância e evolução da área de recursos humanos. Políticas, objetivos e visão sistêmica da administração de recursos humanos. Os subsistemas de administração de recursos humanos: provisão, aplicação, manutenção, desenvolvimento e monitoramento. Gestão estratégica de pessoas. Responsabilidade social empresarial. O indivíduo e a organização, comportamento humano, mudanças comportamentais, aprendizagem e comportamentos organizacionais, processos motivacionais, grupos e equipes, liderança, negociação, administração de conflitos e mudança organizacional.


   

GESTÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIA EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
O papel e as funções financeiras nas empresas. Conceitos Fundamentais de Finanças Corporativas. Os objetivos da gestão financeira. Ferramentas de análise e gestão financeira. Planejamento financeiro de curto e longo prazo. Orçamentação. Orçamento e as funções da administração. Orçamento: vantagens, limitações e aplicação nos diversos tipos de empresas. Elaboração do orçamento. Planejamento e controle administrativo através do orçamento. Planejamento e controles orçamentários de vendas. Planejamento e orçamento na área de produção. Controle das despesas. Orçamento variável. Controle dos custos. Funcionamento do orçamento na Saúde Suplementar.


   

HISTÓRICO E PANORAMA DA SAÚDE  SUPLEMENTAR (20h)
Histórico. Iniciativas de Saúde Suplementar na Era Vargas. Medicina de Grupo nos anos 50. Associativismo e Cooperativismo nos anos 60. Decreto Lei 66 de 1973. Regulamentação do Seguro Saúde nos anos 70. Necessidade de regulamentação específica e supervisão da Saúde Suplementar. Lei 9656/98. Criação da ANS. Diferenças entre as Operadoras e Seguradoras de Saúde. O Mercado de Saúde Suplementar. Estrutura e Principais Agentes do Mercado. Evolução da Saúde Suplementar. Sofisticação da Regulação e Supervisão das Operadoras. Impactos da Agenda Regulatória da ANS na Operação dos Planos de Saúde. Regulação de Aposentados e Demitidos. Prazos de Atendimento. Migração e Adaptação de Contratos. Portabilidade. Monitoramento Assistencial. Ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). Envelhecimento Ativo. Outros Impactos das Novas Diretrizes. Panorama e Tendências.


   

LEGISLAÇÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
egislação de a Saúde Suplementar. Abrangência das Coberturas Assistenciais dos Planos Privados de Assistência à Saúde. Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, Conceitos e Processo de Atualização do Rol. Diretrizes Clínicas e Diretrizes de Utilização do Setor de Saúde Suplementar. Construção e Contratualização da Rede Prestadora de Serviços (Critérios, Parâmetros e Obrigações)


   

METODOLOGIA DA PESQUISA (40h)
O Papel da ciência e da tecnologia. Tipos de conhecimento. Método e técnica. O processo de leitura e de análise textual. Citações e bibliografias. Trabalhos acadêmicos: tipos, características e composição estrutural. O projeto de pesquisa experimental e não experimental. Pesquisa qualitativa e quantitativa. Apresentação gráfica. Normas da ABNT.


   

PRODUTOS DE SAÚDE E ODONTOLÓGICO – EMPRESARIAL E INDIVIDUAL (20h)
Características dos produtos de saúde. Público-alvo. Coberturas e Riscos Excluídos. Formas de contratação. Rede Referenciada. Diferenças entre produtos de seguro e planos de saúde (medicina de grupo, cooperativas, filantropias). Direito ao Reembolso. Assistência 24 Horas. Rol. A Regulamentação dos Reajustes pela ANS. Adequabilidade dos Percentuais Aprovados para o Reajuste das Mensalidades. Reajustes em Planos Anteriores à Lei 9.656/98. Planos Empresariais e a Nova Política de Reajuste. Tendências de Mudança do Marco Regulatório e Impactos sobre a Dinâmica do Sistema.


   

SISTEMAS DE TI EM SAÚDE SUPLEMENTAR (20h)
Conceitos básicos de informação. Sistemas de Informação. Tipos de Sistemas de Informação. Business Intelligence. Política nacional de informações em saúde. Processo de produção e disseminação de informação em saúde suplementar. Modelos de gestão da informação em saúde. Principais bases de dados públicas e privadas do sistema de informação em saúde, manuseio de softwares para análise e construção de indicadores de gestão. Qualidade das informações e bases de dados. Segurança da informação.


   

SOLVÊNCIA E ASPECTOS ATUARIAIS (20h)
Solvência. Riscos Econômico-Financeiros, Fundamentos da Regulação Prudencial na Saúde Suplementar. Quais os Riscos de uma Empresa de Saúde. Sinistralidade. Gerenciamento de Riscos Corporativos na Saúde Suplementar. Tendências da Regulação Internacional Baseada em Risco. Principais Provisões e seus Critérios de Avaliação. Métodos Tradicionais de Avaliação de Provisão e Precificação. Nova Regra de Avaliação de Capital Regulatório de Seguradoras. Medidas de Avaliação do Risco. Estimativa Corrente e Margem de Risco. Avaliação de Carteiras seguindo os Princípios do Modelo Solvência II.


   

SUBSCRIÇÃO E PRECIFICAÇÃO PARA PRODUTOS DE SAÚDE E ODONTOLOGIA (20h)
Critérios de subscrição de produtos empresariais e individuais.Políticas de aceitação, operação e alçadas. Cuidados na subscrição. Combate a fraudes na subscrição. Precificação em bases de risco e atuariais. Acompanhamento de performance. Saúde Ativa.


Fundamentação Legal e Certificação
De acordo com a legislação do MEC em vigor, serão concedidos certificados de Pós-Graduação - Lato Sensu, Especialização ou MBA, dos cursos ministrados pela Universidade Católica de Petrópolis, com o apoio do Instituto de Pesquisa, Educação e Tecnologia, aos alunos que obtiverem aproveitamento mínimo requerido (nota 7), frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) no curso e tiverem seu trabalho final de curso ( TCC) ou monografia aprovado. Aos alunos que concluírem a primeira etapa será concedido certificado do curso ministrado pelo IPETEC – Instituto de Pesquisa, Educação e Tecnologia que obtiverem aproveitamento mínimo requerido (nota 7) em cada disciplina e freqüência mínima de 75% (setenta e cinco por cento)
Investimento
Unidade

24 parcelas

Mensalidade até o dia 10*

Valor da Mensalidade
 
Rio de Janeiro
 
R$331,20
R$ 414,00

* Desconto de 20 % para pagamento efetuado até o dia 10 de cada mês. 
Para pagamento à vista: desconto de 20% no valor total do curso.
** Desconto valido para novas matriculas.

Taxa de Inscrição
- Petrópolis, Rio de Janeiro, Macaé  R$ 90,00

Documentação
• Identidade e CPF (cópia)
• Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia)
• Comprovante de Residência (cópia)
• Diploma de Graduação (cópia autenticada)
• 2 Fotos 3x4
 
 
Calendário de Cursos
Petrópolis | Rio de Janeiro | Macaé | Volta Redonda | São Paulo | Vitória
Notícias

 
Área Restrita
Área do Aluno | Área do Professor